16 de Fevereiro – Dia do Repórter

15 fev

Imagem do Sr. Heron Domingues, na primeira transmissão do REPÓRTER ESSO na Rádio Nacional em 28 de agosto de 1941.

 

Gutenberg inventou a imprensa há mais de 500 anos quando tratava-se apenas de livros e após pequenos jornais narrativos, hoje a figura do repórter está em todas as mídias, seja o jornal, a TV, o rádio ou  mesmo a Internet.

Na busca pela verdade, o repórter desempenha o trabalho de um verdadeiro investigador. Mas não basta descobrir a informação. É preciso saber contá-la através de uma linguagem clara, objetiva e acessível ao seu público.

Em seu livro Elementos do Jornalismo, Bill Kovach e Tom Rosenstiel (2003: 22-23) elaboraram uma lista com nove itens fundamentais para o exercício da profissão:

• A primeira obrigação do jornalismo é a verdade.
• Sua primeira lealdade é para com os cidadãos.
• Sua essência é a disciplina da verificação.
• Seus profissionais devem ser independentes dos acontecimentos e das pessoas sobre as que informam.
• Deve servir como um vigilante independente do poder.
• Deve outorgar um lugar de respeito às críticas públicas e ao compromisso.
• Tem de se esforçar para transformar o importante em algo interessante e oportuno.
• Deve acompanhar as notícias tanto de forma exaustiva como proporcionada.
• Seus profissionais devem ter direito de exercer o que lhes diz a consciência.

Fonte: Wikipédia
Fotos: Banco de Imagens

Nenhum comentário ainda

Deixe uma resposta

coloque esse código no final da página: